Programa Cães Comunitários de Ouro Preto

Setembro de 2017: O primeiro cão comunitário da cidade é reconhecido e fiscalizado pela AOPA – a Beterraba.

CÃO COMUNITÁRIO

O que é?

“Entende-se por cão ou gato comunitário aquele que, apesar de não ter responsável definido e único, estabelece com a comunidade onde vive vínculos de dependência e manutenção.” – Lei 21970 de 15/02/2016 do Estado de Minas Gerais

O cão comunitário é adotado por grupos específicos de pessoas (mantenedores), que têm a responsabilidade de cuidar dele em vias públicas, sem necessariamente levá-lo para casa.

Os mantenedores precisam oferecer todas as condições para que os animais tenham uma vida saudável, garantindo o bem-estar desses indivíduos. Os cães passam por alguns pré-requisitos para se tornarem comunitários, contribuindo com o controle populacional e não oferecendo risco a saúde de outros animais e humanos.

Atenção: Nem todos os animais em situação de rua são comunitários ou passam por todos os pré-requisitos da categoria.

"O vínculo entre os animais comunitários e a comunidade é o ponto chave que os diferencia dos demais 
animais em situação de rua e que os torna ímpar!"

Com isso, o animal passa a ter um local de permanência estabelecido, o que facilita as ações preventivas e de tratamento, quando necessário.

Em agosto de 2017 elaboramos conjuntamente com estudos sobre o tema e sua aplicabilidade na cidade, com ajuda de voluntários engajados e orientações da Médica Veterinária Juliana Tozzi , Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Conselheira Técnica da AOPA, que com sua pesquisa inspirou a base deste projeto.

O Programa de Cães Comunitários de Ouro Preto foi apresentado a Prefeitura Municipal de Ouro Preto, a Universidade Federal de Ouro Preto e outros interessados no coletivo animal da cidade, ainda em 2017.

O nosso primeiro cão comunitário registrado, ou a primeira, se chama Beterraba e teve seu início de vida na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), migrando após algum tempo para o centro da cidade, onde hoje, é encontrada próximo a Igreja de São Francisco de Assis.

Ouro Preto sempre teve esta categoria de animais (que nem sempre foi e é compreendida por todos), como a Branquinha, que era reconhecida por muitas pessoas e adorada na cidade, ela era um cão comunitário e serve de inspiração a esse trabalho que envolve afetivamente, a relação entre humanos e animais.

Se você conhece algum cão ou até mesmo, um gatinho em situação de rua, que vive há mais de um ano num determinado raio da cidade e é assistenciado por um grupo de pessoas, entre em contato com a ONG AOPA para possíveis esclarecimentos sobre esta categoria de animais e de como podem ser apoiados pelo Programa Cão Comunitário de Ouro Preto.

Contamos com a ajuda e apoio de todos vocês nesse projeto, já que não há lares suficientes para todos, pois esta é uma das alternativas viáveis, éticas e respeitosa, tratando de forma humana e digna os animais que aqui estão.

Estamos à disposição para qualquer contato e dúvidas acerca do Programa Cão Comunitário de Ouro Preto.

Atenciosamente,
Equipe AOPA.

About the author: AOPA - Associação Ouropretana de Proteção Animal

Organização Não Governamental (ONG), sem fins lucrativos. Nós da Associação Ouropretana de Proteção Animal (AOPA) realizamos um trabalho de sensibilização junto à população e às autoridades no sentido de assegurar o bem estar-animal, promovendo a adoção responsável, castração como meio de prevenção contra a superpopulação de animais domésticos evitando posterior abandono. Além de lutar por mudanças nas leis para punir quem maltrata, acumula ou os desampara à própria sorte. A nossa missão é atacar a causa de tantos maus-tratos animais. Incentivando somente o exercício da guarda responsável, doações responsáveis, encaminhando denúncias de maus-tratos, esterilizando os animais de rua e domésticos para que a longo prazo o problema seja amenizado, pelo menos. Muito está sendo feito, mas é um trabalho lento, carente de recursos e muito incompreendido. ONG afiliada ao Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal (FNPDA) desde julho de 2015. Registrada no CNPJ sob o número 23.099.642/0001-95.

Leave a Reply

Your email address will not be published.