“UVZ – Unidade de Vigilância de Zoonoses” de Ouro Preto

Nas últimas semanas, fomos apresentados a parte do processo de municipalização do serviço de recolhimento de animais de nossa cidade, pela prefeitura (PMOP), em especial a secretaria de saúde, que atende ao Termo de Ajuste de Conduta assinado com o Ministério Público.

Diante disso, reconhecemos e saudamos pelo grande passo no controle populacional de cães e gatos humanitário que Ouro Preto deu. É um de nossos pilares e uma de nossas incansáveis lutas nos últimos anos, como todos acompanham.

Uma nova estrutura que ofereça para os cães tutelados da PMOP (foco do nosso trabalho desde 2013), maior bem-estar é uma garantia de que podemos esperar por políticas públicas para todos os animais ouro-pretanos.

A AOPA não participou efetivamente de nenhum processo, junto a PMOP, desde o protocolamento de denúncia no MP acerca da vida animal de Ouro Preto, apesar de identificarmos muitas de nossas sugestões aplicadas, posteriormente, de alguma forma.

No entanto, foi possível observar que o novo canil intitulado de UVZ – Unidade de Vigilância de Zoonoses, claramente não obedece ás normas técnicas do Ministério da Saúde. (http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/normas_tecnicas_estruturas_fisicas_unidades_vigilancia_zoonoses.pdf)

Alguns erros técnicos, conceituais e de manejo foram identificados e apontados pelos representantes da AOPA, nas apresentações, tais como:

Falta de sala de necropsia, falta de sala de eutanásia, falta de local apropriado para descarte de carcaça, única baia permanente para 40 cães, quarentena sem biossegurança, nenhuma técnica de manejo e bem-estar foi apresentada, conceito e aplicação equivocados de cão comunitário,….

Além desses apontamentos, observamos que nenhuma proposta de educação ambiental foi apresentada, sabendo que esta é um dos alicerces do controle populacional de cães e gatos, junto à esterilização dos mesmos.

Nosso papel é de fiscalização e suporte. Nesse sentido, como já foi dito pessoalmente, estamos à disposição para acrescentar a favor do foco do nosso trabalho, pelo qual sempre lutamos, com nossos ideais, representando a sociedade civil ouropretana, nesses últimos anos: o bem-estar dos animais de Ouro Preto.

About the author: AOPA - Associação Ouropretana de Proteção Animal

Organização Não Governamental (ONG), sem fins lucrativos. Nós da Associação Ouropretana de Proteção Animal (AOPA) realizamos um trabalho de sensibilização junto à população e às autoridades no sentido de assegurar o bem estar-animal, promovendo a adoção responsável, castração como meio de prevenção contra a superpopulação de animais domésticos evitando posterior abandono. Além de lutar por mudanças nas leis para punir quem maltrata, acumula ou os desampara à própria sorte. A nossa missão é atacar a causa de tantos maus-tratos animais. Incentivando somente o exercício da guarda responsável, doações responsáveis, encaminhando denúncias de maus-tratos, esterilizando os animais de rua e domésticos para que a longo prazo o problema seja amenizado, pelo menos. Muito está sendo feito, mas é um trabalho lento, carente de recursos e muito incompreendido. ONG afiliada ao Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal (FNPDA) desde julho de 2015. Registrada no CNPJ sob o número 23.099.642/0001-95.

Leave a Reply

Your email address will not be published.